quinta-feira, 26 de junho de 2014

Resenha: Jay Asher – Os 13 Porquês


Título: Os 13 Porquês
Título original: Thirteen Reasons Why
Autor: Jay Asher
Ano de lançamento: 2007
Ano de lançamento no Brasil: 2009
Editora: Ática
Número de páginas: 256


Sinopse oficial:

Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra um misterioso pacote com várias fitas cassetes. Ele ouve as gravações e se dá conta de que foram feitas por uma colega de classe que cometeu suicídio duas semanas antes. Nas fitas, ela explica que 13 motivos a levaram à decisão de se matar. Clay é um deles. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento.

___________________­_____|||______________________

Já tinha visto sobre esse livro há bastante tempo pelos blogs e skoob afora. Sei que assim que li a sinopse me interessei. É um tema um tanto polêmico, mas eu tinha altas expectativas a respeito da estória, mesmo nunca tendo ouvido falar no autor. A apresentação diferente me cativou bastante e conto porque. Outro comentário antes de começar a falar sobre o livro é da editora. Acho que desde a Coleção Vagalume que não lia nada da Ática! Gostei de "voltar às raízes"!

A estória é narrada em primeira pessoa por Clay Jensen. Um cara legal, do ensino médio, que não tem inimizades, ninguém acha coisas ruins para falar a seu respeito e é um cara totalmente na dele. Tímido com as garotas, se sente interessado por Hannah Baker desde que ela chega na escola, apesar de se sentir afastado por sua reputação. Qual não é sua surpresa então, quando descobre que essa própria Hannah, que se suicidou algumas semanas antes deixando o menino arrasado, envia algumas fitas contando que Clay teve algum envolvimento na sua decisão de se suicidar.

Como estamos dentro da cabeça de Clay, conseguimos sentir a angústia que ele sente durante todo o tempo que escuta as 13 fitas enviadas por Hannah, logo antes de se matar. Ele se tortura com lembranças, pensamentos e comentários. Se recrimina por sua inação, por seu medo de confrontar pessoas e situações difíceis. Será que tudo poderia ser diferente se ele tivesse agido?! E onde ele se encaixa nisso tudo, já que nunca fez mal algum à moça? Não só as lembranças, mas as suposições torturam Clay. Me senti totalmente compadecida por ele.

Esse é aquele tipo de livro que você, obviamente, já sabe o final e, ainda assim, não consegue parar de ler.

É um livro sobre a adolescência, sobra a vida, sobre a morte, sobre poesia, sobre dificuldades, sobre desesperança, sobre bullying. A estória de uma menina inocente que queria ser salva. Tentou ser salva. O problema é que seus pedidos eram insinuações, nunca um pedido claro por ajuda. E as pessoas, por estarem acomodadas, ou por não terem percebido antes, ou por não se importarem, nada fizeram. Passa ao leitor uma sensação de impotência, pois você quer fazer algo para ajudar – ou quer que alguém dentro do livro faça – mas nada mais pode ser feito, Hannah já está morta desde antes da primeira página.

Perturbador, angustiante e que faz pensar.... “Será que já fiz isso com alguém?”, “Será que, sem perceber, fui responsável pela infelicidade de outra pessoa?”.

Confesso em determinada parte do livro estava achando um suicídio uma reação exagerada para o que aconteceu com a protagonista. Mas parei para pensar melhor e comecei a entende-la. Primeiro, ela está em plena adolescência, época que, muitas vezes, acontecimentos simples tomam proporções gigantescas em nossa mente – quem nunca passou por isso? E se for pensar bem, as coisas que aconteceram com ela não foram triviais. Tudo bem, pode ser que com outra pessoa, aquelas exatas situações não teriam como consequência um suicídio, mas as pessoas são diferentes, certo? Várias pessoas sofrem o que ela sofreu, ou muito pior, e estão aí, fortes. Mas cada uma tem um tipo de reação ou uma forma de tentar se proteger. Algumas são mais fortes, emocionalmente, que outras. Ou simplesmente se encontram em um momento de maior ou menor fragilidade emocional. Todos temos esses momentos. Se, exatamente em um momento desses, formos pegos em uma sucessão de eventos desagradáveis, qual será nossa reação?

Por esses motivos acima, não é um livro apenas sobre Hannah, uma suicida, mas também sobre as pessoas ao redor dela e que contribuíram para que fizesse essa drástica escolha. Hannah sabe que a culpa e escolha foram exclusivamente dela. Mas sabe, igualmente, que as ações de algumas pessoas levaram a isso.

A narrativa de Jay Asher é muito cativante, apesar de eu ter demorado um pouco a me acostumar com a forma de escrita adotada nesse livro. Como é narrado por Clay, são mescladas observações dele com a mensagem escutada nas fitas. Só sabemos que mudou de um para o outro por diferença na fonte. Quando estamos acompanhando os pensamentos de Clay, lemos em itálico. Quando Hannah está narrando pelas fitas, o itálico some. Depois de um tempo, fica fácil essa distinção. E como já disse antes, achei uma ideia formidável essa forma de escrever, e as mensagens em fita K7.

Mais um daqueles livros que nos faz pensar... Recomendo a leitura!




Samy =)

20 comentários:

  1. Tô doida pra ler esse livro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tbm tava há tempos! Vale a pena viu?

      Excluir
  2. Como você, já ouvi falar muito desse livro, mas até agora não senti a mínima vontade de procurar por ele. Porém, por sua resenha, fiquei curiosa para saber qual o motivo do suicídio da garota. A edição também é bem criativa, né?

    Leitores Forever

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei muito criativo Cris! Eu já tinha me interessado pela sinopse, mas ainda assim o livro foi melhor que eu esperava!!

      Excluir
  3. Tenho ALTAS expectativas por esse livro, desde que o conheci, há uns três anos, infelizmente nunca o li. Tenho um interesse muito grande por suspense, ainda mais quando envolve suicídios. E eu achava que esse livro se tratava só disso. Fico feliz que ele aborde questões maiores como o bullying. Acho fantástico quando um livro nos deixa com perguntas na cabeça, acho que um bom livro faz isso conosco. Adorei sua resenha, muito bem escrita e expositiva da maneira certa :)

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Nina! ;)
      Eu tbm estava com expectativas com esse livro. Isso é um perigo né? Pq quando as expectativas são altas, alto é o risco de decepção, mas nesse caso isso não aconteceu, ainda bem! Depois que ler, me conte se gostou! :)

      Excluir
  4. Já cheguei a ver esse livro num site mas não senti nenhum interesse e não cheguei a procurar mais informações. Depois de ler essa resenha, acabei me interessando em ler esse livro e ir mais á fundo, e espero que seja tão bom quanto estou imaginando
    É aquele velho ditado: ''Nunca devemos julgar um livro pela capa e nem pelas nossas impressões''
    Beijinhos.
    http://ressacamusiliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Vitória! As vezes a capa não nos chama a atenção, mas o "recheio" compensa né??

      Excluir
  5. Já vi esse livro em alguns sites e blogs, mais nunca tive interesse, mais sua resenha fez a minha opinião mudar completamente, e te digo uma coisa, tomara que eu devore o livro como devorei sua resenha, quando acabou, fiquei querendo mais, agora o que me resta? correr e comprar esse livro hahaha.

    Parabéns, adorei o blog.

    Débora | Em cada página
    www.deborafavoreto.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Debora!! Tomara que você goste do livro tanto quanto eu gostei!! Vou ficar na torcida aqui! ;)

      Excluir
  6. Quero tanto ler esse livro. Espero conseguir este ano. Sua resenha me deixou ainda mais ansiosa por ele.

    cafeecomletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomara que você consiga ler esse ano Andreza! Realmente é um livro bem bacana! :)

      Excluir
  7. Eu adoro esse livro ele é um pouco marcante, ele não é tão bom como eu esperava, mas ainda não é ruim, ele consegue fazer você sentir tantas coisas.
    Sua resenha foi otima!
    Beijos
    http://cheireiumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Luana!
      Eu até gostei bastante do livro! Fiquei curiosa para ler mais do autor! :)

      Excluir
  8. Tenho livros da faculdade da editora Ática! rsrs
    Nossa, eu nunca tinha parado para ler nada sobre o livro e nem a sinopse tinha lido, o meu sexto sentido literário me dizia que eu tinha que comprar esse livro, simplesmente...porém ainda não comprei.
    Fiquei bem curiosa agora sabendo do que se trata, suicídio, bullyng, são temas bem interessantes para serem tratados nos livros.
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério Angélica? Livros acadêmicos da Ática eu não conhecia! Hehehehehe
      Compra sim, o livro tem umas partes bem profundas e reflexivas. Valeu a pena a leitrura!

      Excluir
  9. Eu comecei a leitura uns anos atrás, mas acabei perdendo o ebook, reconheço que fiquei pensando pela metade do livro que muitas coisas resultam em decisões drásticas e que a personagem em seu estado adolescente não conseguiu suportar, o interessante foi as fitas, o por que dela fazer e quem a deixou tão mal para isso.
    Pretendo voltar a ler para terminar.
    http://k-secretmagic.blogspot.com.br/
    Xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procura mesmo! Vale a pena acabar de ler! Vc não ficou morrendo de curiosidade não? hueheuheuheuhue

      Excluir
  10. Oi, tudo bem?
    Esse livro eu já vi em alguns lugares e fiquei bem interessada, mas nunca tinha parado para ler uma resenha dele, acredita? Eu acho que nunca li nada da Ática :c A história em si desse livro parece ser ótima, gosto do tema suicídio, não gostei dessa coisa de ser o tipo de livro que já sabemos o final, mas mesmo assim eu continuo interessada no livro o/

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Larissa, tem vários livros da coleção Vagalume que são sensacionais! Vale a pena dar uma olhada!
      Esse aí é do tipo que vc sabe o final no que diz respeito à Hannah, mas não sobre o livro como um todo!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...