sábado, 11 de julho de 2015

Resenha: Pó de Lua - Clarice Freire


Título: Pó de Lua
Autora: Clarice Freire
Ano de lançamento: 2014
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 192


Sinopse skoob:

Em 2011, discretamente, a publicitária Clarice Freire criou no Facebook uma página para reunir seus escritos e desenhos. Batizou-a como 'Pó de Lua', sua receita infalível 'para tirar a gravidade das coisas'. Desde então, ela vem conquistando uma legião de fãs fiéis e engajados, que se encantaram com a delicadeza de seus pensamentos, seu humor sutil e o traço despretensioso, que combina desenho e até fragmentos de palavras. Da internet para as páginas de um livro, foi mais um salto para a jovem autora recifense. Ela surpreende seus admiradores com uma proposta diferente. Pó de lua, o livro, tem o formato de um dos cadernos moleskine em que Clarice exercita sua criatividade. Inspirada pelas quatro fases da lua – minguante, nova, crescente e cheia – ela trata em frases concisas e certeiras de sentimentos como a saudade, o medo, a paixão e a alegria, sempre em sua caligrafia característica, ilustradas com muitos desenhos.

 ___________________­_____|||______________________

Confesso que eu não sabia exatamente como escrever essa resenha. Há tempos eu não lia um livro de poesia. Sim, por mais chocante que isso possa parecer, eu sempre ignorei as poesias, mesmo sabendo que temos alguns dos maiores poetas do mundo aqui no nosso Brasil. Sempre achei que não tenho sensibilidade o suficiente para entender esse tipo de literatura, ou simplesmente não dei uma chance a elas mesmo. Não tive paciência suficiente para isso, talvez.

Fato é que um dos desafios desse ano era ler um livro de poesia. Eu nem pensei em desistir do desafio por causa dessa categoria, mas achei que seria difícil achar um livro nesse estilo que me agradasse de verdade. Um dia vi uma resenha de Pó de Lua em um blog – que eu não lembro mais qual é, me desculpem – e me interessei bastante.




Achei lindo, bem diferente de qualquer coisa que eu tinha aqui em casa e decidi que seria esse que eu leria. Achei um pouco parecido com os livros de Pedro Gabriel, Eu Me Chamo Antônio. Assim como lembrei de alguns livros do Paulo Leminski, apesar de esse último não ilustrar seus livros como Clarice fez.


O que eu acabei descobrindo foi um livro extremamente simples, mas ao mesmo tempo muito complexo. Com frases que podem parecer clichês, mas que de clichês não têm nada. À primeira vista pode até parecer um livro para crianças... mas de infantil não tem nada. O que não impede os pequenos de ler também!




Era um livro que eu queria ler devagar, saboreando a magia de cada página. Mas como foi difícil parar de virá-las!

Claro que os poemas, por si só, incluem ou são jogos de palavras, mas aqui nesse livro Clarice Freire faz mais que isso. Ela joga com as palavras e joga as palavras! Com fontes mais diversas e diferenciadas que minhas opções do word – na verdade até parece a caligrafia dela mesmo – ela brinca com palavras picadas, que se completam, se misturam e formam outras. Ela completa frases com desenhos. Ela chora e ri. Ela usa e abusa da criatividade e das fases da lua.


Uma das coisas que mais amo é boiar no mar, então esse poema foi feito para mim! <3


De uma forma muito criativa e delicada ela expõe temas que nos levam a refletir e a sorrir. Uma das vezes que peguei o livro para ler estava triste e preocupada e por alguns momentos me tranquilizei e a autora conseguiu me arrancar sorrisos.

Quem gosta muito de poesia e está acostumado a esse tipo de leitura, não sei dizer o que vai achar de Pó de Lua. Mas digo que foi a obra perfeita para, quem sabe, me abrir as portas para outros livros do gênero! Já fiquei curiosa com alguns do Leminski e pegarei emprestados com um amigo. Não sei se conseguirei me abrir tão cedo para os nossos poetas mais clássicos e famosos, mas já foi um primeiro passo!




Recomendo esse livro para todos que querem um pouco mais de leveza nos seus dias!



Samy =)

35 comentários:

  1. Que livro fofo,
    ainda não tinha visto que ele tinha esses desenhos tão lindos

    Mil beijocas
    ⋙ ♥ Blog Livros com café

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é lindo da capa à contra-capa Pepi! Um dos mais lindos que tenho na estante! <3

      Excluir
  2. Poesia realmente não é a minha praia, mas as ilustrações são muito bonitas. Se eu lesse o livro, seria só por causa delas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu me interessei primeiro pelas ilustrações Lígia. Mas depois o texto me pegou de jeito! <3

      Excluir
  3. Oi, tudo bem?
    Eu sigo a página do Pó de Lua há bastante tempo e quando soube que iria sair o livro fiquei doida para comprar. Só que eu acho meio caro esses livros (claro, as ilustrações fazem sempre o preço subir), e sempre deixo para depois. Quero muito comprar Eu me chamo Antônio *-* Outro livro que recomendo desse estilo é "É cada coisa que escrevo só para dizer que te amo". Sigo a página do autor (Abra o Bico) e adoro as frases dele! <3 Nunca fui muito fã de poesia, também, mas ultimamente a poesia tá tão presente na minha vida que melhorou até mesmo o meu humor! *-*

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não conhecia esse livro que você indicou!! Já foi para a lista do skoob e vou curtir a página do autor com toda certeza! Muito obrigada pela dica! <3

      Excluir
  4. acho tãooooo fofo esse livro, os desenhos e tudo mais. Mas ele não faz parte do gênero que gosto, para ser o meu preferido deveria ter um cara morto todo cheio de sangue hahahahah

    ADorei seu blog, por isso estou seguindo. Dê uma passadinha no meu

    http://coruujando.blogspot.com.br ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou assim também Lays! Hahahahaha
      Sangue e um crânio sendo quebrado por uma espada chamam minha atenção! Mas de vez em quando eu gosto de uma leitura mais delicada, e esse caiu como uma luva! <3

      Excluir
  5. Muito legal! Estive a pouco em Recife e adorei conhecer essa obra de uma autora de uma cidade tão linda! Não é atoa que esse livro é essa delícia toda!\
    Eu tbm tenho um bloqueio com poesia, melhor eu tinha até ganhar livros de Leminski e conhecer Fernando Pessoa. Vc pode odiar todos os outros, menos esses dois, viu?! Os caras são OS CARAS!

    :D

    http://tedioescritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não conheço Recife e sou doida para conhecer! <3
      Eu tentarei ler Leminski em breve!! Espero muito gostar!

      Excluir
  6. Samy eu acho esse livro tão fofo, quero muito comprar para mim. Gosto de poesias e a delicadeza das ilustrações o tornam encantador.

    beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Encantador" define esse livro, Joyce! Ele é lindíssimo! <3

      Excluir
  7. Eu já conheço, mas ainda não comprei, quero muito esse livro, todo lindo com aforismos maravilhosos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maravilhoso mesmo Lilian! Não me arrependi de nenhum centavo investido nesse livro!

      Excluir
  8. Pó de Lua é um livro muito fofo, sempre que estou com a mente cansada ou até mesmo estressada, leio o livro, ele transmite paz, alegria e amor, muito amor...

    Bjs
    Débora | www.emcadapagina.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É exatamente essa a sensação Débora! Conforto!

      Excluir
  9. Não tinha visto ainda o livro por dentro, e fiquei encantada com as fotos que você postou. Imagino mesmo os sentimentos bons que a leitura despertou. Vou querer um exemplar pra mim agora.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é lindo, Rose! Por dentro e por fora! Vale a pena ter na estante para ler de vez em quando! <3

      Excluir
  10. Eu já li esse livro e até resenhei.
    Cheguei a me empolgar pela capa, o livro é lindinho, mas se tivesse visto resenha antes, talvez não teria lido. Não pelas mensagens que são muitos bonitas, mas acho que li em um momento errado.
    Bjus

    http://devoreumlivroeoufilme.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As vezes lemos uma obra ótima e um mal momento e não aproveitamos, né Viviana? Isso já aconteceu comigo. :-/

      Excluir
  11. Olaaa
    Adorei sua resenha e o livro parece ser uma Fofura, sempre ouço falar super bem das poesias e frases.

    Beijos
    Reality of Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fofíssimo mesmo Catharina! Vale a pena ter em casa! <3

      Excluir
  12. Eu to doida pra ter na estante. Nem é literalmente um livro pra ser lido, mas é tão lindo! Acho maravilhoso <3 www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é lindo de ver e de ler Ana! Vale o investimento demais!! <3

      Excluir
  13. Oie, Samy!
    Eu nunca dei à poesia a atenção que ela merece. Na verdade nunca me interessei por ler, até que vieram duas páginas no Facebook para me encantar: Eu Me Chamo Antônio e Pó de Lua. Acompanho as duas há tempos, pretendo comprar os livros. Mas confesso a você que não estou preparada para ler poesias mais rebuscadas, sabe? O que me encanta nas páginas que citei é justamente a ilustração que conversa com as palavras. Por esse tipo de poesia me descobri apaixonada.

    Com carinho,
    Celly.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu Me Chamo Antônio é meu próximo da lista! <3
      Estou com altas expectativas e acho que não vou me decepcionar! Depois vou pegar Leminski! E assim vamos caminhando! ;*

      Excluir
  14. Oi, Samy!
    Sou exatamente como você em relação a poesia; me sinto uma intrusa nesse gênero e não tenho a sensibilidade para compreender os poemas em sua essência mais profunda.
    Já vi esse livro em uma livraria certa vez, mas como eu sou muito mão de vaca para comprar livros, acabei deixando ele lá. Hoje penso que seria uma ótima opção de presente para uma amiga minha. Quem sabe ela não ganha mesmo em breve? haha
    *ah, uma vez eu estava vendo um vídeo de uma booktuber estrangeira, se não me engano ela era da Austrália, e esse livro estava lá! Qual não foi minha surpresa haha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cris! <3
      Eu já tive muita vontade me aprofundar na poesia, mas hoje deixei de forçar. Eram sempre leituras que desciam emperradas sabe? Estou tentando deixar mais natural e, quem sabe, com o tempo a sensibilidade para esse gênero não vem né?
      Pó de Lua abriu uma porta para mim e tentarei outros desse estilo! <3
      Que bacana uma australiana com o livro!! É tão legal ver livros "nossos" fazendo sucesso lá fora!

      Excluir
  15. Eu quase comprei esse livro na Bienal, mas confesso que realmente não é a minha praia isso de livros com desenhos.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, eu achei fofíssimo! :D
      Foi o que mais me incentivou a comprar! ;)

      Excluir
  16. Oie, tudo bom?
    Acredito que esse seja um livro indicado para quem não tem o costume de ler poesias. A diagramação do livro é super fofa e espero ter a oportunidade de conhecer a obra um dia.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Aline! Foi perfeito para mim! :D

      Excluir
  17. Eu olhei outro dia esse livro na livraria, mas acabei não comprando.
    Interessante é que agora, lendo sua resenha, tive outra impressão do livro. Acho que naquele dia na livraria eu estava com um pouco de preconceito em relação aos livros interativos.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Oiii
    Eu conhecia esse livro, sempre ouvi muito bem sobre ele, mas nunca tinha o visto por dentro assim, que coisa linda de diagramação Samy... adorei!!
    Sua resenha está ótima viu, parabens

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  19. Oi Samy, tudo bem?
    O livro é lindo, mas confesso que só o teria se ganhasse, prefiro comprar outros tipos de livro.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...