terça-feira, 23 de junho de 2015

Resenha: Os Verdadeiros Gigantes – Charles Krüger


Título: Os Verdadeiros Gigantes
Autor: Charles Krüger
Ano de lançamento: 2015
Editora: Catavento
Número de páginas: 152

*Livro enviado pelo autor para resenha


Sinopse skoob:

Rodan é um anão, uma raça forjada pelas cicatrizes das guerras do passado. A sombra de uma nova ameaça surge, prometendo trazer uma era de terror e desespero para o reino de Darakar, mas Rodan não se importa. Ele tem uma missão.
Guiado pelas aparições em sonho de seu falecido pai, ele inicia uma jornada rumo a uma vingança improvável. Sem entendê-lo, seus amigos Garren e Drunnan partem tentando impedi-lo. Ironicamente, os destinos de Rodan e do seu povo são interligados por uma força sobrenatural, obrigando os anões a mostrarem sua coragem contra hordas de orcs e gigantes.
Quando a ameaça se mostrar mais poderosa do que se imaginava, o povo anão mostrará onde reside a verdadeira força.
Mostrará quem são os mais valentes.
Mostrará quem são os Verdadeiros Gigantes.

___________________­_____|||______________________

Vi uma resenha desse livro no blog Leitores Forever e me interessei de cara. A Cris tem um gosto literário bem parecido com o meu, então se ela falou tão bem do livro, a chance de eu também gostar era grande!

Outro fator que ajudou a aumentar meu interesse pela obra foi a página que a Cris postou na resenha. Nessa página, deu para ler um pedaço e ter uma ideia da escrita do autor. Então... eu tenho parecido uma chata ultimamente reclamando da escrita de alguns autores nacionais de fantasia. Eu realmente não gosto desse gênero escrito com gírias e linguagem muito informal – mas obviamente não acho errado e nem acho que os autores não devem escrever dessa forma, cada um escreve da forma que mais lhe apraz e cabe a cada leitor lê o que te satisfaz, não é mesmo?

Mas com essa pequena amostra dada pela Cris, fiquei muito feliz em perceber uma escrita maravilhosa de Krüger. Então minha curiosidade que já estava aguçada, aumentou!




À primeira vista, parece não ser a estória mais original do mundo – principalmente para aqueles que leram O Hobbit, de Tolkien, já que também se tratada de uma jornada de anões – mas a escrita do autor é muito boa, madura e exatamente do estilo que eu acho que combina com um livro de fantasia... mais formal, sem gírias e afins.

O grande problema dessa obra é o tamanho. Muito curto para uma escrita tão boa! Dá gosto de quero mais. Realmente fiquei agradavelmente surpresa e com muita vontade ler algo mais elaborado do autor. Conforme ele nos explicou na entrevista que deu ao blog, sua opção por um livro mais compacto em sua estreia foi devido a uma maior aceitação para publicação por parte das editoras. Ele já havia tentado publicar outro livro maior e mais elaborado mas não teve muita abertura por parte das mesmas. Mal posso esperar pelas suas próximas obras!




Como eu disse vagamente acima, a obra trata de uma jornada feita por anões com um propósito específico: vingança! Rodan quer, a todo custo, vingar a morte de seu pai. Apesar de ser o personagem favorito do autor, as partes em que a narrativa era focada nele foram as que menos gostei. Não gostei muito do personagem em si, o achei muito cabeça dura, mesmo para um anão! É isso é alguma coisa! Não me solidarizei com sua causa e sua jornada. Apesar de não compartilhar a “filosofia” do personagem, ele foi muito bem estruturado e com a personalidade muito bem formada, assim como os outros anões principais na estória.

Mas o livro vai muito além! Essa é apenas uma faceta da obra que envolve a eterna luta entre anões e orcs, não só na terra de Darakar, mas em toda Elgalor. E isso é principal a ser contado! Apesar de elfos, humanos e gigantes terem uma pequena participação nessa saga épica, as verdadeiras estrelas são os anões e suas cicatrizes.




Para aqueles que sentiam falta de um maior enfoque nos anões em todas as fantasias épicas que lê, esse livro é a resposta às suas preces! Aqui os anões não são ridicularizados e usados como chacota. Pelo contrário. Aqui eles são realmente valorizados e sua estória é contada! Eles são seres de honra e caráter. De fibra e coragem!

Se você está procurando um livro com a estória aparentemente simples, mas que se aprofunda e com a narrativa agradável e fluida, esse livro é para você! Recomendo!



Samy =)

22 comentários:

  1. dificil seria engolir que o anão não seria cabeça dura... isso é bem característico da raça...
    olha, pra comprar com O hobbit, então a obra tem que ser muito boa mesmo, viu??? ^^
    Faz tempo que não leio uma fantasia que me pega de jeito do começo ao fim... ando precisando de um livro do tipo... quem sabe esse, em alguma oportunidade? ainda mais por ser curtinho...
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu estou acostumada com a cabeça dura dos anões, mas o Rodan foi demais! Hahaha
      O livro é tão curtinho que quando você percebe, já acabou e fica aquela sensação de que devia ter sido maior! hehehe

      Excluir
  2. Oi. Não conhecia o livro, bom quanto aos Anões, acredito que eles devem ser muito cabeça duras mesmo, é uma característica deles... O enredo do livro é interessante, espero ter oportunidade de lê-lo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah sim, eles são super cabeça-dura, mas o Rodan é fora de série! Hahahahaha
      Nunca vi um anão tão teimoso igual ele! Tomara que você tenha oportunidade de ler em breve!

      Excluir
  3. Ola Samy adoro esse tipo de leitura ainda mais com o tema Vingança envolvido, esse tema bem trabalhado envolve o leitor, Fiquei bem curiosa para ler, pena que o livro seja pequeno, para apaixonados por literatura fantástica isso é triste . beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que você vai gostar então, Joyce! A vingança está muito presente no livro e tem um fator super importante! Vou torcer para o autor publicar mais em breve! :D

      Excluir
  4. Olá, não conhecia o livro, nem o autor. Muito legal a sua indicação. Que bom que você se surpreendeu =) Ótimo quando isso acontece. Assim que eu puder, darei uma chance, já que você falou tão bem sobre a obra e a narrativa. Sobre o fato do livro ser fino, li uma matéria sobre isso ano passado (não estou encontrando mais o link :\) que falava sobre isso, o fato de escritores nacionais, em sua maioria, publicarem livros finos, e algumas das razões. Uma delas era justamente esse desinteresse das editoras, uma pena. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Camila. Um amigo meu teve o manuscrito recusado em todas as editoras que tentou porque era um livro grosso. A saída foi dividir em 2 e publicar independente. Uma pena que as editoras não dêem essa chance aos nossos autores. :-/

      Excluir
  5. Oiii
    Ainda não conhecia o livro, mas minha nossa como ele é pequenino não? A sua resenha está incrível, mas não curti muito a história :/ então não sei se leria a história.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minúsculo. Poderia ser o dobro Mayara! Hehehehehe
      Obrigada! ;)

      Excluir
  6. Cara, quando uma fantasia nacional é assim tão bem recomendada, nós temos que parar para ler!! Fiquei bem curiosa, e sei de uma amiga que vai ficar super ansiosa para lê-lo tbm!! Ainda não li 'O Hobbit', só assisti o filme, e gostei bastante ;)

    xoxo
    http://www.amigadaleitora.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você gostou do filme O Hobbit, vai amar o livro Thais!! Tomara que você e sua amiga gostem do livro! <3

      Excluir
  7. Olaa
    Eu adorei a resenha mas realmente na é para mim o livro pois nao curto o gênero, vou anotar a dica para passar para alguns amigos.

    Beijos
    Reality of Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Passa sim Catharina! Quem sabe eles não gostam!

      Excluir
  8. Ai, você me deixou muito interessada! Adoro o gênero, e esse livro me pareceu ser fantástico. :) Nunca li nada no qual o protagonista fosse um anão, os anões são sempre coadjuvantes nas histórias...
    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Monalisa! Isso que faz desse livro tão legal! Dar esse espaço aos anões! O outro livro que dá um espaço legal a eles é Eragon, que também indico!!

      Excluir
  9. Eu li uma resenha desse livro no blog Melivrando e fiquei muito curiosa. E até escrevi nos comentários que, pela premissa, não tem como a gente não lembrar dos anões de Tolkien, mas isso não é de forma nenhuma uma coisa ruim. O importante é o autor colocar sua própria marca. E acho que ele consegui, pela sua resenha a gente percebe isso. Eu gostaria ler a obra.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, apesar dos seres fantásticos, não é um livro que se compara com Tolkien por causa da escrita. Nesse ponto são bem diferentes! E recomendo ambos! hehehehe

      Excluir
  10. Samy, que saudade!
    Estava passando pelo feed do fb e vi que você resenhou o livro, então fiquei super curiosa pra ler a sua opinião. E qual não é a minha surpresa quando te vejo falando de mim aqui? Muito obrigada pelo carinho <3 Ultimamente tenho estado afastada do blog por questão da faculdade, mas vou tentar dar uma passadinha nos blogs amigos agora nas férias.
    Gostei de saber que você se sentiu incentivada a ler o livro por minha causa. Gostei muito dele e fico contente por ter ajudado a divulgar esse autor de tanto talento que é o Charles. Assim como você, o estilo de escrita do Charles foi o que mais gostei. É tão lindo, né?

    Um grande beijo,
    Cris

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudade de você Cris! Espero que seu tempo para posts dê uma aumentada no próximo semestre! :D
      É uma satisfação quando a gente indica um livro que gostou e a outra pessoa também gosta né? Muito obrigada por essa dica maravilhosa!
      Beijos mocinha!

      Excluir
  11. Anões? Não lembro de ter lido algum enredo com foco neles. Apesar da resenha super positiva, não caiu muito no meu agrado.
    Bjs,Rose.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Peninha Rose! Eu sempre gostei dos anões por causa da garra e fibra! Fiquei feliz em ter um livro com eles!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...