terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Resenha: O Visconde que Me Amava – Julia Quinn


Título: O Visconde que Me Amava
Título original: The Viscount Who Loved Me
Autora: Julia Quinn
Ano de lançamento: 2000
Ano de lançamento no Brasil: 2013 (edição que li)
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 304


Sinopse:

A temporada de bailes e festas de 1814 acaba de começar em Londres. Como de costume, as mães ambiciosas já estão ávidas por encontrar um marido adequado para suas filhas. Ao que tudo indica, o solteiro mais cobiçado do ano será
Anthony Bridgerton, um visconde charmoso, elegante e muito rico que, contrariando as probabilidades, resolve dar um basta na rotina de libertino e arranjar uma noiva. Logo ele decide que Edwina Sheffield, a debutante mais linda da estação, é a candidata ideal. Mas, para levá-la ao altar, primeiro terá que convencer Kate, a irmã mais velha da jovem, de que merece se casar com ela.
Não será uma tarefa fácil, porque Kate não acredita que ex-libertinos possam se transformar em bons maridos e não deixará Edwina cair nas garras dele. Enquanto faz de tudo para afastá-lo da irmã, Kate descobre que o visconde devasso é também um homem honesto e gentil. Ao mesmo tempo, Anthony começa a sonhar com ela, apesar de achá-la a criatura mais intrometida e irritante que já pisou nos salões de Londres. Aos poucos, os dois percebem que essa centelha de desejo pode ser mais do que uma simples atração.

___________________­_____|||______________________

Com O Visconde que Me Amava temos a continuação da série Os Bridgertons de Julia Quinn, que teve início com O Duque e Eu. Esse é o segundo volume da série de 8 livros, cada um tendo como personagem principal um dos irmãos Bridgerton e sua saga rumo ao altar. Nesse volume quem está na mira de Violet, ou Lady Bridgerton, é Antony, o mais velho de seus rebentos.

Por algum motivo ele acha que chegou a hora de parar de farrear e arrumar uma esposa. Acabou que Antony está sendo o menos favorito dos irmãos para mim. Ele tem um temperamento extremamente violento e, apesar de ser um homem carinhoso e de colocar a família em primeiro lugar, seus rompantes de violência são meio exagerados e nada agradáveis.

Desde o primeiro livro, ele se mostrou o mais intolerante dos irmãos. Quando ele mira toda essa intolerância e agressão para um homem do tamanho dele e com perfeitas condições de se defender, ok, menos pior. Mas quando o foco do seu temperamento é uma moça “indefesa” – já que naquela época as mulheres só recebiam aulas de música, bordado e coisas afins – aí já se torna um problema (não que ele chegue a agredi-la fisicamente, mas quase chega lá).

No decorrer do livro ele começa a conseguir se controlar melhor e se torna mais agradável. No final do livro já é até possível sentir afeição por ele e uma certa piedade por tudo pelo qual ele passou, mas nada justifica seu comportamento no início do livro. Ele consegue se redimir um pouco quando ajuda Kate a superar seus medos mais arraigados, que nem ela mesma sabe de onde surgiram. Por sua vez, Antony tem seus medos também, mas ele não aceita compartilha-los com ninguém para tentar supera-los.

Kate é uma mocinha bem diferente. Ela não é meiga e delicada, mas é muito inteligente e perspicaz. Muito observadora e detesta dar o braço a torcer, principalmente quando o oponente é o visconde que ela tanto detesta. Já Edwina, irmã de Kate, é o tipo de mocinha padrão, linda, que todos desejam e que daria a esposa perfeita para qualquer nobre.

O ponto interessante do livro é que nenhum dos dois protagonistas seguem muito o clichê dos mocinhos. Claro que não ser especialmente atraente já acabou virando um “quase-clichê” para as mocinhas, mas ainda assim é um pequeno diferencial. E Antony com esse temperamento horrível está longe de ser o homem que qualquer mulher sonharia em ter como marido.

Lady Whistledown continua colocando suas garrinhas de fora e nos divertindo imensamente com sua coluna de Crônicas da Sociedade Londrina. Ainda não se tem a menor pista de quem é a bendita mulher. Ela não perdoa ninguém, seja nobre, seja “pobre”, seja bonito ou seja feio. Seus comentários ácidos e irônicos abrem cada capítulo e tornam difícil parar de ler o livro, pois você chega no final de um capítulo e acaba querendo ler a Crônica que abre o próximo. Daí para começar o capítulo é um pulo! Foi uma grande sacada essa de Julia Quinn.

Embora tenha sido inferior ao primeiro livro, ainda assim vale muito a leitura e recomendo!



Samy =)

50 comentários:

  1. Olá, tudo bem?

    Sempre vejo muito elogios à esta série, mas ainda não li nenhum livro dela. Pretendo fazer isso ainda esse ano. Bjus!!!
    http://lendoaestante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você curte um romance histórico, vai amar esses!!! ;)

      Excluir
  2. Eu tenho os três primeiros livros dessa serie aqui em casa. Mas ainda não li nenhum deles hehe. Espero gostar tanto quanto as pessoas gostam, pois só li resenhas positivas deles até agora. Que pena que o segundo caiu um pouco, mas tomara que no terceiro melhore.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não perca tempo Sil! São muito fofos!!
      O terceiro melhorou bastante, na minha opinião! ;)

      Excluir
  3. Ola lindona adoro romances históricos, ainda não comecei a ler a série , estou com os livros preciso correr, e pelo visto vou querer dar uns tapas nesse mocinho, ainda bem que suas atitudes de ogro melhoram. Estou bem curiosa com esse livro. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá vontade dar uns tapas mesmo viu Joyce! Mas ele melhora sim! Ainda bem! ;)
      Comece a ler logo menina! Não perca tempo para conhecer o Benedict! <3

      Excluir
  4. Ah, eu bem que estava catando uma resenha sobre um dos livros dessa série... Até agora só tinha visto as sinopses e todo mundo falando bem, mas nenhuma resenha propriamente dita. Bem, me serviu pra eu tirar a prova: Acho que não faz muito o meu tipo de livro...
    Um beijinho,
    Mona
    www.literasutra.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então passa pro próximo Monalisa! Perder tempo com um gênero que não gostamos, não dá né??
      Mas se você quiser tirar a prova, o terceiro livro é um amorzinho! <3

      Excluir
  5. Oi Samy.
    Adoro os Bridgertons e gostei muito de O Visconde Que Me Amava, apesar de que o Duque e Eu ainda é o melhor.
    Achei que o Anthony e Kate formaram um belo casal.

    Beijos
    Carolina
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No fim das contas eles formam mesmo um belo casal Carolina! Mas não curti muito as atitudes do Antony no começo.... :(
      Gostei mais do terceiro livro! <3

      Excluir
  6. Oii, tudo bem?
    Eu gosto muito de romances de época e estou louca para ler os da Júlia!
    Achei O Duque e Eu em promo nas Americanas, não resisti e comprei <3
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vai se arrepender Angélica! <3
      Também amo um romance de época!

      Excluir
  7. Oi, tudo bem?
    Eu aaaamo esse livro, e amo o Anthony. Não vi ele como você, rs, e me apaixonei pr ele desde o primeiro livro, rs. Eu adoro a Kate, e acho que os dois realmente fogem um pouco do clichê
    beijos
    meumundinhoficticio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Bruna! Não consegui gostar do Anthony! Achei ele muito grosseiro e meio sem limites. Não curti mesmo! Mas sei que ele é o favorito de muitas!
      Fico feliz em ser a única a preferir o Ben! <3
      Hahahahaha

      Excluir
  8. Oie
    Impressionante, nao tive a minima vontade de ler nenhum livro da Julia até hoje.
    Deve ser o contexto que nao me atrai nem um pouco, mas sei o quanto de fãs ela tem por aí.
    Super beijo
    Gio - Clube das 6
    www.clubedas6.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Normal, quando é um gênero que não nos encanta! Também tenho os meus! hehehe
      Mas os livros dela são bem bons. Ela tem uma escrita muito envolvente, me pego rindo várias vezes! :D

      Excluir
  9. Essa série é uma queridinha das blogueiras. Eu quero ler pelo menos um dos livros. O que me deixa sempre muito curiosa é a identidade Lady Whistledown. Queria spoiler de alguém hahaha. Ela é uma espécie de Gossip girl do século 19.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora já descobri quem é ela Nilda! hahahaha
      Mas te aconselho a descobrir sozinha! É mais legal! ;)

      Excluir
  10. Ainda não li a série, mas como a Kris sempre diz coisas maravilhosas, está decidido que deste ano não passa...

    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Lilian, já estou louca pelo próximo! <3 <3

      Excluir
  11. Eu sou apaixonada por essa série da Julia Quinn e o livro que fez com que eu continuasse a leitura foi O Visconde Que Me Amava. O Anthony é o amor da minha vida, sério. Acho ele um dos irmãos mais interessantes, depois do Colin, é claro.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Débora, eu não digo que detestei o Anthony, mas certamente ele é meu irmão menos preferido! hehehehe
      Fico feliz em ter o Ben só pra mim! <3

      Excluir
  12. Oi, tudo bem?
    Ultimamente todo mundo está falando sobre essa série e mesmo eu não sendo acostumada a ler romances históricos fiquei bem curiosa com as histórias, tanto que até tenho os livros aqui em casa kkkk Mas como ainda não li o primeiro não vou ler esse tão já, mas gostei bastante da sua resenha e fiquei mais animada ao ver que os personagens não seguem muito o clichê.

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Larissa, nenhum deles segue muito o clichê sabe? Mas eu gostei mais da mocinha do quarto livro! Ela é um amor!
      Vou ficar curiosa para saber se você gostou! <3

      Excluir
  13. Tenho o primeiro livro no kobo porque tenho muita vontade de lê-los. Tentei não ler toda a resenha por medo de spoilers haha
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, eu tento não dar nenhum spoiler, nem dos livros anteriores, mas entendo o seu receio. As vezes faço isso também! hahahahaha ;)

      Excluir
  14. Oiiii eu tenho essa coleção aqui, mas ainda nao consegui ler acredita :(
    Estou doidaaaaaaaa para ler... gostei bastante da sua resenha viu?

    beijos
    http://livrosetalgroup.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito Mayara! A gente sempre se embola com as leituras né? :(
      Mas leia logo, são lindos e a leitura é super rápida!

      Excluir
  15. Eu não gosto de romances de época, mas o pessoal anda falando tanto desses livros da Julia Quinn que to vendo que vou ser obrigada a ler algum pra ver como é, rs... Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehehehehe
      Se você não curte o gênero, a chance de não gostar é sempre maior, mas também pode se surpreender! Tomara que aconteça a segunda opção! ;)
      Beijos!

      Excluir
  16. Oie, tudo bom?
    Eu só li Duque e Eu e o Anthony também não é meu preferido. Quero ler todos os livros da série, pois amei a narrativa da Julia Quinn. Ah, doida para rever os venenos da Lady Whistledown.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro a narrativa dessa mulher!! hehehehehe
      E lady Whistledown realmente é o trunfo dela! ;)

      Excluir
  17. Olááá
    Poxa, sempre ouço falar do livro muito bem, assim como da série e da autora. Sua resenha ficou ótima, o primeiro livro deve ser bem interessante, já li um pouco sobre e acho que iria gostar mais do que esse, caso lesse um dia.

    Beijos
    Catharina
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até agora esse foi meu menos preferido Catharina! Li os 4 primeiros. Ainda assim, valeu a pena! ;)

      Excluir
  18. Julia Quinn <3 só li O Duque e Eu até agora, mas foi só por falta de oportunidade, porque eu adorei a escrita da autora. Pena que esse não é tão bom assim, se comparado com o primeiro. Mas eu to curiosa mesmo é para ler o livro do Collin

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acabei de ler o do Colin e ficou pau a pau com o do Benedict que é meu favorito! Mas mais pela mocinha que pelo Colin! <3

      Excluir
  19. Oie, Samy!
    Olha, eu não suportava livros de romance, mas vocês me convenceram a ler Os Bridgetorns. Já li tantas resenhas da série que perdi a conta, e talvez a sua tenha sido a menos "ai como amei", mas mesmo assim você recomenda... Então é porque realmente deve ser bom. Preciso ler!
    Com carinho,
    Celly.

    Me Livrando ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero muito que você goste e se surpreenda Celly! De verdade! <3
      Realmente esse não foi "ai como amei", mas eu gosto muito do gênero, então mesmo assim me conquistou! :D
      Beijos moça

      Excluir
  20. Kate já caiu nas minhas graças. Detesto quando as mocinhas são do tipo bobinha que aceitam tudo, como capachos. Ainda não tive o prazer de ler esta série, mas será lida.
    Bjs, Rose.
    Fábrica dos Convites

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Kate é ótima mesmo! Em alguns momentos ela escorrega. Falta um pouco da determinação que ela tem de sobra, mas some! Mas no geral, gostei da mocinha! <3

      Excluir
  21. Olá flor, realmente este livro não chegou aos pés do primeiro. Achei bastante previsível e mesmo sendo uma série muito boa é sempre na mesmice. Mas mesmo assim é uma leitura muito boa.
    Gostei bastante da sua resenha.
    Beijos, sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que os romances históricos são sempre um pouco de "mesmice" né?? Mas ainda assim eu amo e leio sempre! <3

      Excluir
  22. Estou viciada na família Bridgerton, amei esse livro como todos que li ate agora dessa série , esse é bem divertido , a historia do primogênito dos irmão Bridgentons com a órfã Kate Sheffield , os dois são totalmente opostos ele rico e bonito, ela pobre e sem atrativos, mas formam um casal lindo.
    A Julia Quinn escreve divinamente de um jeito que prendo o leitor e nos faz sentir dentro da história é como se tudo realmente tivesse acontecido, Parabéns pela resenha ótima, sem mais palavras.

    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Mary, eu também! Já li os meus quatro e tou aguando agora! hehehehe
      Não quero ler o quinto porque vai acabar! :'( :'(
      Sabe-se lá quando a Arqueiro vai lançar o resto. :(

      Excluir
  23. Oi, tudo bem? Odiei o personagem principal. A "mocinha" acho que é passável. Já desisti de ler esse gênero, pois a maioria desses livros é muito repetitivo. As storylines quase nunca se renovam, daí cansei. Não tenho interesse na série.

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Nina, não me dei muito bem com o Antony não. Não acho que tem justificativa o modo como ele age. Dá pra entender o motivo, mas não acho justificável. A mocinha eu gostei. Achei bem determinada, ainda mais considerando a época que elas "supostamente" viviam.
      Mas você tem razão, é tudo meio clichêzão, mas eu não resisto! :)

      Excluir
  24. Olá =)

    Quero muito ler essa série, mas ainda não tive tempo (leia-se dinheiro). Fora que tenho tantos livros para ler que tenho evitado muito comprá-los. Mas é uma série que faz sucesso. Pena que esse não te conquistou.

    Beijos, Rob
    http://www.estantedarob.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Roberta! Para mim foi mesmo o pior da série até agora (li até o 4o). Mas a série é excelente, no geral! <3

      Excluir
  25. Oi oi.
    Julia Quinn é uma autora super elogiada, mas mesmo assim não leria os livros dela.
    Não curto muito o gênero que ela escreve e sei que não me agradaria.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah é Gab. A gente sabe quais gêneros são a nossa cara e quais não são. Eu sempre amei os romances históricos, então esse faz super meu estilo! :)

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...